Espaço Zen 12 de Agosto de 2017

Saiba como aliviar o estresse controlando a respiração


Você sabia que através de uma ação fisiológica, como respirar, é possível eliminar o estresse? Sim, é possível!

Homem de olhos fechados e braços abertos no parque

De acordo com a professora de Ioga, Luciene Fontenele, a respiração é a ponte entre corpo físico e a mente, e sendo usada de forma correta, pode diminuir as tensões, permitindo assim, eliminar a ansiedade e o estresse.

Inseridos em uma rotina de trabalho, cada dia mais rigorosa, por vezes, nem percebemos que estamos usando a respiração de forma errada. Isso acontece porque no momento do estresse não conseguimos parar e nos observar, e acabamos respirando de maneira incorreta. Neste post, você aprenderá a controlar a sua respiração, usando essa ação fisiológica como um meio de aliviar as dores do dia a dia.

Entenda a respiração

A respiração é inconsciente. É sobrevivência. Contudo, é nela que às vezes demonstramos como estamos. Geralmente quando estamos estressados e ansiosos concentramos a respiração na parte alta do abdômen, acima do peito.

De acordo com a professora Luciene Fontenele, existem três “pontos” de respiração no corpo: baixa, média e alta. Trata-se de pontos do pulmão, em que a baixa se refere ao baixo abdômen; a média à altura do tórax; e o ponto alto da respiração é – como já citado – acima do peito. Dependendo do estado mental em que nos encontremos, a respiração se concentra em um desses três pontos.

Como controlar a respiração nos momentos de estresse?

É simples: observe sua respiração. Uma ação trivial que faz toda diferença. A simples ação de observar a respiração irá te acalmar, além de baixar o seu nível de estresse e de ansiedade. Isso acontece, pois, quando nos observamos, ativamos o sistema parassimpático e isso nos acalma e nos relaxa.

Além dessa observação da respiração, outra atividade importante, segundo a professora de Ioga Luciene Fontenele, é, no momento da respiração, fazer uma expiração mais lenta e prolongada. Também se trata de uma ação que diminui o nível de estresse.

“Pare em alguns minutos do seu dia e apenas sinta sua respiração, observe-a; parar no meio da rotina estressante para sentir a respiração é uma ação de suma importância”, declarou Fontenele.

A importância da prática de Ioga para melhorar a respiração

Mulher e homem meditando juntos

O desenvolvimento de técnicas de respiração se dá através desta prática. No entanto, antes de começarmos a falar os benefícios da Ioga, você sabe o que realmente significa a prática?

Trata-se de um conjunto de conhecimentos utilizados há mais de 5 mil anos que tenciona, através de técnicas de respiração, posturas e meditação, harmonizar o corpo com a mente e a respiração.

A Ioga trabalha a postura física para capacitar o corpo para uma respiração mais profunda. Através de seus exercícios, a Ioga desenvolve a musculatura do seu corpo para capacitá-lo a fazer exercícios respiratórios mais profundos e, assim, ter resultados terapêuticos de longo prazo.

Esses exercícios mais profundos são chamados de “pranayamas”, que nada mais é do que exercícios de controle de respiração. “Geralmente se usa na respiração apenas o diafragma e o abdômen, e quando se passa pra um nível mais avançado, você consegue acessar os músculos acessórios da respiração que comumente não são usados, esses são os músculos mais profundos das costas”, explicou a professora de Ioga.

A professora ressaltou que a prática mudou sua vida por completo. “A Ioga me ajudou a sair do estado de depressão e de estresse, trabalhando a paz interior e a consciência; você cria uma nova percepção do mundo”.

Técnicas para enfrentar situações de estresse

Conheça as técnicas de respiração Pranayama

Existem vários tipos de técnicas de Pranayama. Abaixo explicaremos um pouco sobre cada uma delas, além de explicar seus efeitos benéficos à saúde.

Lembrando que é importante um acompanhamento de um profissional de Ioga neste tipo de respiração, mas, para você conhecer como eles são realizados, traremos abaixo uma descrição de cada um. Confira!

1. Kapalabhati Panayama

É quando respiramos de forma lenta e suave. Trata-se de uma respiração que ativa e revigora o fígado, o baço, o pâncreas e os músculos abdominais. Desta forma, essa respiração faz com que haja uma melhora na digestão, além de trazer uma sensação geral de euforia à pessoa.

2. Bhamari Panayama

Neste tipo de respiração é necessário fazer um zunido suave como um zumbido produzido pelas abelhas na expiração. Trata-se de um tipo que traz melhorias para problemas relacionados à insônia.

3. Sama Vrtti Panayama

Este é um tipo de exercício fundamental para se trazer calmaria ao seu corpo e mente. Nele, deve-se ter uma relação de tempo entre a inspiração e a expiração. Primeiro essa relação deve ser de 1 segundo por 1 segundo, depois se aumenta para de dois em dois segundos e assim aumentando a proporção gradativamente.

4. Surya bhedana Panayama

Neste exercício deve-se inalar pela narina direita e exalar pela esquerda, fechando um ciclo. Como as narinas estão sobre controle, o ar entra mais fino e controladamente e dessa forma os pulmões são mais preenchidos. Trata-se de uma respiração que acalma a mente e aumenta a vitalidade. Essencial para quem sofre de ansiedade.

Percebeu que basta respirarmos da forma correta, fazendo atividades triviais que podemos aliviar estresses cotidianos da nossa vida? É simples, saudável e natural.

Além dessas técnicas, a alimentação também é uma forte aliada no combate ao estresse, você sabia? Conheça os 5 alimentos anti-estresse.

Quer mudar os hábitos e levar uma vida mais saudável? Nos acompanhe também no Facebook e no Twitter e receba atualizações sobre saúde e bem-estar.

 



Compartilhe nas redes sociais:
Rodapé da página.