Alimentação Saudável 13 de Fevereiro de 2012

7 Dicas para um lanche escolar saudável


Menino comendo morango.

Quem é pai sabe como é difícil unir praticidade com qualidade na alimentação infantil, e como é difícil a criança aceitar o que foi escolhido. Muitas vezes o prático não é o mais saudável, mas é o que as crianças adoram.  Com o início do ano letivo e para ajudar a resolver esta indecisão na preparação de um lanche escolar saudável, seguem algumas dicas para manter uma boa alimentação quando sua criança estiver na escola:

  • 1. Procure optar por produtos não-industrializados. Nunca deixe faltar fruta e uma bebida natural.
  • 2. Deixe que a criança participe da escolha de qual fruta ela quer levar no dia.
  • 3. Evite a monotomia. Tente elaborar um cardápio com as opções bem variadas e coloridas para facilitar a compra dos alimentos e a organização da lancheira pela manhã. Isto ajuda a criança a sentir prazer e desejar comer.
  • 4. Cuidado com lanches que levam queijos, frios ou requeijão. Evite levar iogurtes ou produtos que necessitem de refrigeração. São alimentos fáceis de estragar e dificilmente as escolas têm um refrigerador para armazenar o lanche.
  • 5. Caso opte por lanches naturais, utilize uma lancheira térmica. Uma ideia é deixá-la guardada no freezer durante a noite para diminuir sua temperatura, antes de usar pela manhã.
  • 6. Os achocolatados possuem muita gordura e açúcar. Evite colocá-los todos os dias na lancheira.
  • 7. Negocie um dia na semana para a criança escolher o que quer levar de lanche. Dê preferência a fazer isso no meio da semana, para ficar distante do final de semana quando já entram alguns abusos na alimentação.


Compartilhe nas redes sociais:
Rodapé da página.