Cuidar de Você 23 de Agosto de 2012

Estresse no trabalho dobra o risco de diabetes em mulheres


mulher preocupada com a mão na cabeça

Um recente estudo canadense revelou que há uma estreita relação entre o grau de estresse no ambiente de trabalho e a incidência de diabetes em mulheres.

De acordo com a publicação feita no periódico Occupational Medicine,  mulheres que sofrem forte estresse no trabalho, correm  um risco de desenvolver diabetes duas vezes maior em comparação com as que trabalham em um ambiente com menos pressão.

Uma das causas seria que as mulheres costumam “descontar” seu estresse comendo doces e alimentos ricos em gordura, diferente dos homens.

Durante o estudo, 7.443 pessoas foram acompanhadas durante 9 anos. Os pesquisadores canadenses descobriram que o número de casos de diabetes relacionados ao estresse no ambiente de trabalho é de 19%. Um número superior aos relacionados com o álcool e o tabagismo.

Outros fatores como o pouco gasto calórico e alimentação inadequada no ambiente de trabalho podem explicar a relação estresse no ambiente de trabalho e diabetes.

Os pesquisadores ainda descobriram que o estresse proporciona alterações nos sistemas imunológico e neuroendocrinológico, alterando a fabricação de hormônios como a adrenalina e o cortisol.

Para os homens, a boa notícia: os pesquisadores não conseguiram encontrar a mesma relação entre pessoas do sexo masculino. Para Smith, as reações provocadas neles são diferentes, tanto em relação aos hábitos de consumo quanto no aspecto hormonal.


Compartilhe nas redes sociais:
Rodapé da página.