Cuidar de Você 21 de Março de 2017

Histórias Inspiradoras: Como Helder abandonou o tabagismo em 2 meses


Helder Pontes faz parte do time dos que conseguiram abandonar o tabagismo e contribuir para a redução de doenças causadas pelo fumo no país. Hoje, com 47 anos, o advogado relembra os 26 anos de desgaste físico e psicológico causados pelo uso diário de pelo menos um maço de cigarros.

Cliente Helder Pontes e seu filho com roupas apropriadas para andar de bicicleta

De acordo com o estudo realizado pelo Ministério da Saúde em 2015, o hábito de fumar é mais comum entre os homens (12,8%) do que entre as mulheres (9%). O governo brasileiro tem como meta chegar a 9,1% de fumantes no país até 2020.

“Não tinha qualidade de vida, o que me levou ao sentimento de insatisfação generalizada. Não tinha fôlego, nem disposição e acabava por me excluir em algumas ocasiões sociais, como eventos do trabalho. Tudo pela necessidade de fumar e não poder estar em locais fechados”, afirma Helder.

Conheça 4 métodos para parar de fumar de vez!

Medicina Preventiva

Através de um panfleto no Laboratório Henriqueta Galeno, Helder tomou conhecimento da Medicina Preventiva e do Grupo Ares, grupo voltado para a cessação do tabagismo. Logo procurou entrar no grupo em busca de ajuda profissional multidisciplinar.

“Em abril de 2016 entrei no grupo Ares sem esperança de mudanças, mas desde o início estive ao lado de profissionais maravilhosos e que agiram de forma integrada. Psicólogo, pneumologista e psiquiatra sempre hábeis e totalmente determinados a me fazer parar de fumar”, declara.

Cliente Helder Pontes e seu filho preparados para andar de bicicleta

Em junho de 2016, Helder conseguiu parar totalmente com o tabagismo. Associando tratamentos e força de vontade, obteve sucesso no seu intento.

Tenho apenas elogios para a iniciativa da Unimed Fortaleza na criação dos grupos da Medicina Preventiva. Costumo falar que os profissionais que me atenderam são verdadeiros anjos, pessoas muito sensíveis”, diz.

Depois do grupo

Há 8 meses sem fumar, Helder afirma que hoje não sente falta alguma do cigarro, além de relatar melhoras consideráveis no condicionamento físico, na qualidade do sono e até na eliminação de odores causados pelas substâncias do tabaco.

“Na Medicina Preventiva, os profissionais nos mostram os caminhos a seguir, não nos sentimos sós, temos as ferramentas necessárias para superar. E além dos profissionais, aprendi muito com os integrantes do grupo, ao ouvir suas experiências de vida. Momentos de puro enriquecimento”.

Compartilhando saúde

Cliente Helder Pontes e seu filho com roupas de karatêCom a satisfação obtida através do grupo, Helder levou seu filho de 11 anos para participar do Grupo Cresça Bem, também da Medicina Preventiva.

Acompanhando meu filho, conseguimos mudar juntos nossos hábitos alimentares, além de praticar atividades físicas. Hoje praticamos ciclismo e karatê em parceria, além de nos preocuparmos com os rótulos dos alimentos, um verdadeiro aprendizado”, conta.

Para Helder, sempre podemos melhorar e, se pensarmos em desistir, devemos abrir mão do que já está bom para algo ainda melhor. “Podemos sempre sair da zona de conforto para perseguir o ótimo. É possível”.

 

Saiba mais sobre a história do Helder

Grupos e oficinas da Medicina Preventiva

BANNER-OFICINAS-MEDPREV

Proporcionar uma melhor qualidade de vida, por meio de atividades físicas, orientações sobre uma alimentação equilibrada, através de programas e oficinas conduzidos por uma equipe interdisciplinar composta por médicos, nutricionistas, psicólogos, enfermeiros, assistentes sociais, educadores físicos, fonoaudiólogos, fisioterapeutas e auxiliares é um dos principais objetivos da Medicina Preventiva.

Clientes Unimed Fortaleza podem aproveitar esse e outros benefícios gratuitamente.

Solicite uma proposta

Rodapé da página.