Histórias Inspiradoras 14 de Novembro de 2017

Amor de mãe: uma história sobre fé e determinação


Kariny Ramos tem 42 anos, dois filhos e uma vida inspiradora. Ela é alegre e enxerga a vida com os olhos cheios de otimismo e esperança, e quem a encontra pelos corredores do Hospital Regional Unimed (HRU), não imagina nem de longe as batalhas que enfrenta diariamente.

Kariny Ramos e seu filhos

Ela fala com muito orgulho da pequena Maria Clara Ramos, de 6 anos, e do caçula Pedro Ramos de apenas 2 anos. Quando o assunto são os filhos, os olhos que já são expressivos ficam ainda mais vivos e o amor trasborda em forma de lágrimas.

“Os meus filhos são a luz da minha vida, hoje absolutamente tudo que eu faço é pensando neles, quando você vira mãe assume esse papel de coadjuvante da própria vida, pois as estrelas são eles”, conta emocionada.

Desafios que fortalecem

A história da Kariny poderia ser igual a de várias outras mães que precisam se virar em mil para dar conta de ser uma boa mãe sem abrir mão de ser uma boa profissional, mas o destino a desafiou e além das batalhas da rotina ela teve que aprender a lidar com uma leucemia em sua pequena e com uma suspeita de autismo do seu filho. Desafios que chegaram para testar a fé e a força dessa mãe.

“Tudo estava normal até a Maria Clara levar uma queda da escola e sentir fortes dores no braço, a partir daí, fizemos uma ressonância e descobrimos a leucemia. Na hora eu só pensava que a minha filha ia morrer, foi desesperador e fiquei completamente sem chão. Descobrir uma doença tão grave é um duro golpe, mas naquele momento se eu caísse quem iria sustentar a minha filha e a minha família? Não tive escolha e tive que ser forte”, conta.

Somando alegrias e dividindo tristezas

Segundo Kariny, o hospital virou uma extensão do quarto da sua filha e a humanização e carinho encontrados lá são combustíveis para encarar a rotina muitas vezes dolorosas de sessões de quimioterapias. “Ela já está tão adaptada à rotina do hospital que nem reclama mais. Hoje, o Hospital Regional Unimed, além de lugar de cura, também virou lugar de ajuda. Sempre que posso eu tento conversar com as mães que estão chegando cheias de medos e tento auxiliar, ofereço o meu ombro e a minha história. Essa acolhida é tão importante quanto os medicamentos”.

Quer ter todo esse cuidado? Confira planos de saúde para você e sua família.

Pequenos milagres

E como os desafios existem para serem superados, além da leucemia da filha Maria Clara, a Kariny está enfrentando outra batalha em casa. O pequeno Pedro foi diagnosticado com suspeita de autismo, pois devido à idade o diagnóstico ainda não é definitivo, e já está em tratamento.

“O Pedrinho começou a dar sinais que algo estava errado quando entrou na escola, ele não interagia com as outras crianças e tinha muita dificuldade de concentração, até identificarmos que na realidade era um possível sinal do autismo levou um tempo”, pontua.

E sobre o tamanho do amor que ela carrega no peito, ela é categórica: “Meus filhos são muito especiais e mesmo com todas as adversidades, meu amor é infinito”.

Amanhã será melhor

Kariny sorrindo e posando para fotoDe ante de tantas provações e dificuldades, Kariny mostra que a fé e o amor podem ser maiores que o medo que constantemente insiste em rondar a sua família. Sonhar com o futuro dos filhos e acreditar que eles serão pessoas felizes e saudáveis são pensamentos constantes na vida dessa guerreira, disfarçada de mãe.

“Apesar de tudo o que eu tenho vivido, eu só tenho a agradecer a Deus, por colocar na minha vida pessoas que se importam tanto em cuidar dos meus filhos. Eu vejo o quanto eles são amados e isso me dá força para continuar”, finaliza.

Rodapé da página.