Alimentação Saudável 03 de Agosto de 2017

Conheça os benefícios da pitaya: mude sua alimentação


Frutas são essenciais para a alimentação, pois são ricas em vitaminas e complexos importantíssimos ao corpo. Já pensou em mudar um pouco a alimentação? Se sim, ótimo! Incremente sua dieta com a adesão de frutas, elas podem fazer total diferença na sua vida como um todo.
Pitaya partida ao meio vista de cima

Procure ser saudável

Bons hábitos alimentares são importantes para garantir a tão sonhada longevidade. As frutas são de suma necessidade ao corpo, pois auxiliam no metabolismo e quando alinhadas a uma boa prática de exercícios, mudam completamente o seu dia a dia. Manter-se em forma é ir além da estética, é ter saúde, é sentir-se bem, é se disciplinar. Somos o que comemos, então, passe a comer melhor, para isso, conheça uma fruta que traz inúmeros benefícios consigo.

Conheça a pitaya

A pitaya apresenta inúmeras qualidades, sendo crescente a sua procura e também os estudos dos seus benefícios. Existem três variedades da pitaya, a vermelha com polpa branca, vermelha com polpa rosa e a amarela com polpa branca. Entenda agora um pouco mais sobre essa fruta.

Benefícios da pitaya para o emagrecimento

Será que a pitaya emagrece? Ela apresenta aproximadamente 11 gramas de fibras a cada 100 gramas da fruta in natura. Por ser um alimento rico em fibras, estabiliza o nível de açúcar no sangue e auxilia o intestino, regulando-o. Os alimentos fonte de fibras ajudam na saciedade, conseguindo controlar o apetite, ajuda na eliminação da gordura do corpo. Outro fator importante é a presença da tiramina, que ativa o Glucagon, estimulando o corpo a utilizar as reservas de gorduras.

Benefícios da pitaya para a digestão

A pitaya tem grandes quantidades de fibra, que ajuda nos movimentos intestinais, facilitando a passagem através do trato digestivo. Os oligossacáridos presentes na pitaya aumentam a produção de probióticos que ajudam na digestão e no tratamento de infecções intestinais.

A pitaya também possui alto teor de água, que está envolvida em processos vitais no nosso corpo, tais como: digestão, absorção de nutrientes, melhora da filtração renal e hidratação. Além disso, a água presente na fruta é altamente nutritiva, pois possui vitaminas e minerais.

Benefícios da pitaya para o colesterol

As sementes da pitaya são ricas em ácido linoleico (gorduras boas) que é um suave laxante e que reduz os níveis de colesterol total e LDL em humanos, por inibir a absorção do colesterol no intestino.

O óleo de semente de pitaya tem nível elevado de lipídeos funcionais (maior que o da linhaça) e pode ser utilizado como uma nova fonte de óleo essencial.

Benefícios da pitaya para diabetes

O consumo de pitaya ajuda a estabilizar os níveis de açúcar no sangue. Ela também auxilia na inibição dos picos de açúcar que acontecem depois de comer alimentos com alto índice glicêmico. Em Taiwan, diabéticos substituem o arroz pela pitaya como fonte de fibras, mostrando o benefício na prevenção de problemas associados à diabetes.

Benefícios da pitaya para saúde cardiovascular

A pitaya funciona como tônico cardíaco, ajustando a pressão arterial, ajudando na redução de riscos de desenvolver doenças cardíacas e de pressão alta. A pitaya vermelha é uma ótima fonte de gorduras mono saturada, ajudando o coração a se manter em boas condições.

Benefícios da pitaya para o sistema imunológico

A pitaya é rica em licopeno, tem níveis elevados de vitamina C que ajudam o sistema imunológico, e outras substâncias antioxidantes (betalaina, betaxantinas e betacianinas), que são associadas à redução de doenças crônicas degenerativas e combate ao envelhecimento, pelo fato desses compostos serem capazes de diminuir a concentração de radicais livres (componentes que causam danos celulares). A atividade antioxidante tem se mostrado como um importante critério na avaliação da qualidade de frutas.

Conheça mais 15 alimentos antioxidantes e seus benefícios

Benefícios da pitaya para a prevenção e controle de doenças crônicas

Devido à sua composição nutricional, a pitaya ajuda a combater o câncer (ação antioxidante), doenças cardíacas (pois auxilia na redução do LDL colesterol), e melhora a pressão arterial (devido ação da captina, uma substância presente na fruta). Além disso, muitos estudos também demonstram ações anti-inflamatórias e de controle glicêmico.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre a pitaya, que tal acrescentá-la em alguma das suas refeições? Aproveite! Veja como preparar receitas com pitaya.

Receitas com pitaya

Suco de Pitaya

Suco de pitaya com morangos

 

Ingredientes

  • 200 ml de água
  • 100 g da fruta (Pitaya)
  • 4 morangos
  •  4 folhas de hortelã

Modo de Preparo

  1. Após descascar a pitaya, lave os morangos e as folhas de hortelã.
  2. Bata tudo no liquidificador e sirva em seguida.

Sorvete funcional de pitaya

Sorvete de pitaya decorado com violetas

Ingredientes

  • Polpa de 1 (uma unidade) de pitaya rosa
  • Meia xícara leite de coco
  • 3/4 xícara castanha de caju crua
  • 1/4 xícara coco em flocos (opcional)
  • 2 a 4 colheres de sopa de açúcar demerara ou mascavo

Modo de Preparo

  1. Coloque a castanha de caju de molho em água e deixe descansar por 8 horas.
  2. Divida a pitaya ao meio e retire a polpa.
  3. Escorra a castanha e coloque junto com todos os ingredientes no liquidificador. Bata até obter um creme homogêneo.
  4. Despeje-a, utilizando um recipiente que possa ir ao freezer e deixe congelar, ou utilize a máquina de sorvete se possuir.
  5. Sirva como um sorvete e, se quiser, decore com raspas de coco. Fica uma delícia!

Quando consumir pitaya?

A pitaya, assim como as outras frutas, deve fazer parte da rotina alimentar, devendo ser incluída com frequência nas refeições. A recomendação do consumo de frutas seria de 3 a 5 porções no dia, devendo ser variadas, para atingir a recomendação de vitamina, minerais e fibras diárias.

Lembre-se de procurar um nutricionista, ele poderá ajudar você a entender melhor sobre a inserção desta fruta na dieta, e também na quantidade a ser ingerida, pois não é por que frutas trazem inúmeros benefícios que devemos exagerar na dosagem. O uso excessivo de qualquer tipo de alimento pode vir a prejudicar o organismo, por isso, consuma moderadamente.

Bônus: você sabia?

A pitaya é nativa de regiões da América Central, sendo também cultivada na China, no Brasil e em Israel. O nome Pitaya significa “fruta escamosa”, também conhecida como fruta-dragão em algumas línguas. Sua melhor época de produção ocorre entre os meses de dezembro a maio.

Os frutos, flores e cladódios da pitaya têm compostos bioativos que fazem da pitaya uma planta com bastante utilidade na culinária, na indústria farmacêutica, de cosméticos e na de corantes. Traz também atributos medicinais, protegendo contra úlceras e acidez estomacal.

Pesquisas indicam que a pitaya proporciona propriedades anti-inflamatórias e antidiabéticas. Em sua casca é possível extrair um látex que serve para assear e hidratar a pele, retardando o envelhecimento, com ampla utilização na indústria de cosméticos.

Entenda um pouco sobre frutas cítricas

Presente na pitaya, a vitamina C exerce importante função para produzir e manter o colágeno. Além disso, ela atua na formação de aminas aromáticas, como, por exemplo, a dopamina e a serotonina, ambas com funções de neurotransmissores nos processos de cicatrização. Outra vantagem da vitamina C é a sua atuação no intestino delgado, como redutora de ferro férrico, isso ajuda a sua absorção e a sua passagem para a corrente sanguínea. Curtiu? Você pode conhecer mais benefícios das frutas cítricas clicando aqui.

 



Compartilhe nas redes sociais:
Rodapé da página.