Cuidar de Você 24 de Novembro de 2016

6 dicas para envelhecer com saúde


O envelhecimento da população brasileira é uma realidade, e segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no Brasil as mulheres vivem em média 7,2 anos a mais que os homens, com uma expectativa de 78,8 anos, contra 71,6 anos para eles.

Idoso se alongando na grama

Até bem pouco tempo envelhecimento era sinônimo de doença e sabe-se que esse conceito está absolutamente ultrapassado, porém a decisão de ter um envelhecimento saudável depende das escolhas atuais. O alerta é de que alguns cuidados devem ser incorporados ainda na juventude, como cessar hábitos como tabagismo e sedentarismo, para que os mesmos não interfiram negativamente e que seja possível envelhecer com saúde e qualidade de vida.

Envelhecimento bem sucedido

A experiência de ter vivido longos anos, alcançado conquistas e construído vitórias deve ser prazerosa e rodeada de boas lembranças. Para que a qualidade de vida também esteja presente na vida dos mais velhos, o envelhecimento com baixa suscetibilidade a doenças, boa capacidade funcional e ativo é o caminho para que as pessoas encontrem o seu potencial para o bem-estar físico, social e mental em qualquer estágio da vida. Aceitar o processo de envelhecimento faz com que a pessoa tome as atitudes necessárias para ter saúde por toda a vida.

“Envelhecer não significa uma situação de baixa qualidade de vida desde que a pessoa se cuide, aceite essa etapa da vida e preserve sua independência física e autonomia, podendo fazer suas escolhas”, confirma a geriatra da Unimed Fortaleza, Dra. Inês Claudia Costa.

Como chegar à maturidade de forma saudável?

Veja abaixo alguns bons hábitos que são recomendações importantíssimas para o envelhecimento bem sucedido:

Lista com 6 hábitos para envelhecimento saudável

Confira 10 dicas de como melhorar a qualidade de vida na terceira idade

Envelhecimento cutâneo

Homem e mulher idosos correndo em uma estrada de terra com um cachorro na coleira

Engana-se quem pensa que envelhecer é sempre sinônimo de cabelos brancos e muitas rugas no rosto. A partir dos 25 anos de idade é comum as pessoas perceberem os primeiros sinais de envelhecimento da pele. Surgem inicialmente as linhas finas e, com o passar do tempo, as rugas, a perda de volume e de densidade da pele começam a ficar aparentes. Contudo essas modificações podem ser minimizadas com cuidados diários como uso do protetor solar, boa hidratação da pele e ingestão adequada de líquidos. Para outras alterações cutâneas como manchas e sinais deve-se procurar o dermatologista.

Banner com a imagem de uma família feliz: mãe, pai e filho. Alinhado à esquerda está o texto "A gente faz mais pra cuidar de você.", e, no rodapé, lê-se "Solicite uma proposta"

Rodapé da página.