Mamãe e Bebê 28 de Outubro de 2021

Quando você deve se preocupar com a cólica na gravidez


Conheça agora os motivos que levam a mulher a sentir cólica na gravidez e entenda quando o desconforto pode ser um sinal de alerta!

Medico avaliando colica na gravidez de paciente

Muitas gestantes relatam cólicas suaves e intermitentes na gravidez durante as primeiras 16 semanas, o que é perfeitamente normal.

O desconforto pode ocorrer durante todo o período gestacional, mas principalmente nas primeiras e nas últimas semanas de gestação, é o que explica o ginecologista obstetra da Unimed Fortaleza Dr. Márcio Alcântara.

No entanto, existem alguns sintomas que podem acompanhar a cólica na gravidez que são um sinal de alerta para a gestante. A seguir, tiramos todas as dúvidas sobre o assunto!

O que causa cólica na gravidez?

As contrações e expansões uterinas fazem surgir cólicas já no começo da gestação. Nesse período, há a implantação do embrião no útero, o que pode provocar cólicas. Inclusive, você sabia que a cólica é um dos primeiros sintomas da gravidez?

No início da gestação, a cólica e o desconforto abdominal também são bastante comuns devido ao crescimento e adaptação do útero e estiramento da área do abdômen por causa do crescimento do bebê. Já no fim da gravidez, a cólica no pé da barriga aparece devido ao peso do bebê ou como um sinal de que o parto está se aproximando.

Outro fato é que muitas mulheres, quando engravidam, passam a produzir mais gases, ocasionados pela dificuldade de digestão de alguns alimentos. Isso pode levar a cólicas intestinais no início da gravidez ou até durante todo período da gestação.

As infecções urinárias ou vaginais são outro motivo que pode ocasionar as cólicas. Nesses casos, entre em contato com seu médico ginecologista ou obstetra.

Aprenda os primeiros cuidados na gravidez essenciais para mamãe e bebê

Quando se preocupar com a cólica na gravidez?

Muitas gestantes têm medo de abortamento quando sentem dor no baixo ventre, semelhante a uma cólica menstrual. Mas essa é uma queixa comum e que, em geral, passa de forma espontânea.

Cólica na gravidez com 6 meses ou em qualquer fase da gestação é normal. Mas, independentemente do tempo de gestação, se a cólica vier mais forte, acompanhada de corrimento, sangramento ou febre, é muito importante a intervenção médica o quanto antes.

Grávida na pandemia? Saiba como cuidar da sua saúde mental

4 formas de aliviar a cólica na gravidez

O método pode variar de acordo com a causa, por isso deve ser prescrito pelo médico. Quando a gestante relata muitas cólicas, o médico faz a avaliação e pode recomendar repouso ou até indicar algum medicamento ou tratamento para evitar novos episódios.

Se você está na dúvida de qual medicamento pode tomar para cólica na gravidez, é importante consultar seu médico obstetra. Usar qualquer remédio sem prescrição médica durante a gestação é muito perigoso.

Para te ajudar a passar pelos desconfortos que a gestação pode trazer, separamos 4 dicas para aliviar os sintomas das cólicas na gravidez e até formas de evitar as temidas cólicas. Confira!

1 – Realize atividades físicas leves

Alongamentos simples podem ajudar a manter seu corpo em movimento e relaxar os músculos.

2 – Faça repouso para relaxar a musculatura pélvica

Se as dores forem muito fortes, consulte o médico e mantenha os cuidados redobrados, sempre em repouso.

3 – Respire fundo

Não entre em desespero. Nos momentos de cólica, respire fundo para manter a calma. Em geral, a cólica é comum e não traz riscos à mãe ou ao bebê.

4 – Mude de posição

Parece simples, mas é uma dica que ajuda bastante. Sente-se de forma relaxada, experimentando posições diferentes para aliviar a pressão. Tente dobrar os joelhos sob o abdômen ou deitar de lado, com um travesseiro sob a barriga e outro entre as pernas.

KIT para Mamães de Primeira Viagem

Agora que você já sabe como lidar com a cólica na gravidez, que tal se preparar para o momento da chegada do bebê? Baixe gratuitamente nosso e-book exclusivo para ter acesso a dicas sobre os cuidados essenciais para mamãe e bebê no pré e pós-parto. Confira dicas valiosas dos especialista em saúde da Unimed Fortaleza sobre:

  • O que levar para a maternidade;
  • Primeiros cuidados com o bebê;
  • Cuidados que a gestante deve ter com a alimentação;
  • Dicas de amamentação e muito mais!

Banner clicável com a frase "KIT para mamães de primeira viagem. Baixe agora". Ao fundo, a imagem de uma mãe com seu bebê no colo

Rodapé da página.