Para Sua Empresa 25 de Setembro de 2018

Inove no processo de recrutamento e seleção da sua empresa com 10 dicas


O futuro que parecia distante já é presente, e vem transformando o modo como as organizações contratam pelo mundo. Se você quer acompanhar as tendências do processo de recrutamento e seleção para sair na frente, está no lugar certo!

profissional-utilizando-tablet

O processo de recrutamento e seleção, ou, numa roupagem mais atual, de captação de talentos, é um dos mais valiosos para as organizações. Ele determina a escolha das pessoas certas para fazer a estratégia e a cultura da empresa fluírem. Por isso, quanto mais arrojadas e atuais suas ferramentas, mais assertivas serão as contratações.

Qual será o futuro do processo de recrutamento e seleção nas empresas?

Existem muitas mudanças que os RHs podem esperar nesse sentido. Aqui, uma prévia do que abordaremos: atração de talentos via redes sociais, entrevistas em vídeo agendadas por robôs e uso de big data para escolher os melhores candidatos. E como nem só de tecnologia vive a atração e a seleção de profissionais, algumas companhias privilegiam, ainda, abordagens focadas nos valores e propósito das pessoas.

Por que inovar no processo de recrutamento e seleção?

3 Respostas imediatas:

1. Para não ficar para trás;
2. Para atrair os melhores talentos;
3. Para garantir mais agilidade nas contratações.

E quer saber mais? As grandes empresas já estão de olho no futuro e adotando estratégias diferenciadas. Uma delas é o uso cada vez mais frequente da tecnologia.

É o que diz a pesquisa Tendências Globais de Recrutamento 2018, realizada pela rede social de negócios, LinkedIn. O estudo aponta inclinações no processo de recrutamento e seleção no mundo todo. Entre elas, a valorização da diversidade, a adoção de novas técnicas de entrevista, o uso de big data na triagem de candidatos e o acesso à inteligência artificial para análise comportamental.

Essas inovações buscam conferir maior eficiência ao trabalho do recrutador, captar profissionais mais qualificados e diversificados, prover mais rapidez nas contratações e, ainda, melhorar a experiência dos candidatos nos processos seletivos.

Leia também: O segredo das empresas bem sucedidas para aumentar a produtividade

4 tendências globais de recrutamento que você precisa conhecer

1. Valorização da diversidade – investimento na contratação de equipes heterogêneas e inclusão da diversidade na cultura das organizações. Quesito possui 78% de importância no mundo inteiro.

2. Novas técnicas de entrevista – aposta em modelos mais dinâmicos, ágeis e informais, com enfoque especial nos valores e comportamentos individuais. Quesito possui 56% de importância no mundo inteiro.

3. Dados – cruzamento de dados sobre o candidato (indicadores comportamentais, respostas a questionários, informações das redes sociais, etc) para tomar decisões de contratação mais assertivas. Quesito possui 50% de importância no mundo inteiro.

4. Inteligência Artificial (IA) – a mais revolucionária de todas, propõe a utilização de robôs, chatbot, e outros recursos, na convocação para entrevistas e na análise rápida de dados sobre candidatos, por exemplo. Quesito possui 35% de importância no mundo inteiro.

10 práticas já utilizadas pelos RHs mundo afora

1. Recrutamento de candidatos em instituições de ensino com diversidade entre os estudantes;

2. Exclusão da necessidade de fotos nos currículos. Isso garante que os candidatos não sejam julgados
inconscientemente pela aparência;

3. Entrevistas informais. Convidam candidatos para um café ou um almoço de negócios;

4. Videoconferências para avaliar competências de comunicação dos candidatos;

5. Uso de testes online e jogos rápidos;

6. Acesso a dados de candidatos via LinkedIn Talent Insights;

7. Análise de feedbacks de clientes para descobrir o perfil de candidato mais importante para eles;

8. Uso de softwares que leem currículos simultaneamente;

9. Chatbots para responder às perguntas dos candidatos sobre o processo de recrutamento e seleção;

10. Robôs (ou computadores programados com algoritmos avançados) que analisam entrevistas em vídeo.

Problemas com a rotatividade? Evite retrabalho na seleção

Mais uma tendência: seleção por valores ou propósito

Contratar pessoas com valores alinhados aos da organização pode ser garantia de solidez nas relações de trabalho. Essa é a razão para muitas empresas já terem adotado o modelo de captação de talentos que privilegia o ?ser? tanto quanto o ?saber?: a seleção por valores ou propósito.

Se antes as organizações focavam apenas nas experiências anteriores, nas habilidades técnicas e nas formações acadêmicas do candidato, hoje leva em conta o que o move na vida, os vínculos que ele constrói, os porquês para o que ele faz.

Na prática, a seleção por valores é baseada em competências comportamentais e busca identificar quais valores o candidato considera na hora de tomar suas decisões profissionais e pessoais. Com essa finalidade, ferramentas como dinâmicas, jogos, inventários comportamentais e entrevistas, por exemplo, são adaptadas para suprir o tipo de análise necessário para a escolha do melhor candidato.

Entre os resultados dessa prática, estão a maior aderência do candidato à cultura da empresa, mais engajamento com os valores e estratégias organizacionais, conexão e alinhamento de propósitos, aumento da produtividade (e mais), tudo somado à devida qualificação técnica.

Depois de conhecer tantas inovações, dá ou não dá um frio na barriga? O processo de recrutamento e seleção está mudando globalmente – e rápido. Se, antes, a preocupação dos RHs resumia-se em contratar a pessoa certa para o lugar certo, agora, com a transformação digital, o xis da questão é o ?como?. Como atrair e selecionar profissionais de alta performance, de forma ágil e assertiva, adequando-se às tendências. Sua empresa está pronta?

Gostou desse conteúdo e quer saber mais? Inscreva-se na nossa newsletter e receba textos incríveis em seu e-mail.


Conteúdo aprovado em parceria com a psicóloga Ana Claudia Coelhofoto da profissional ana claudia coelho
Pós Graduada em Administração de RH e Consultoria de Processos | Mestre em Administração pela UECE e Universidade de Coimbra | Gestora de Gestão de Pessoas | Docente da Universidade de Fortaleza na Graduação e em diversas disciplinas na Pós Graduação | Consultora de empresas com atuação voltada para Diagnóstico Organizacional , implantação de Gestão de Pessoas, Planejamento Estratégico e Gestão pela Qualidade
 

Rodapé da página.